Páginas

INÍCIO   SOBRE   OBRAS   PORTFÓLIO   CURRÍCULO    AGENDA    LINKS   CONTATO   

Arte Londrina, Divisão de Artes Plásticas, Universidade Estadual de Londrina

“Deixa que minha mão errante adentre” 
Na quarta-feira, dia 30 de abril, abriu a exposição “Deixa que minha mão errante adentre”, segunda exposição do edital Arte Londrina 2, com curadoria de Danillo Villa, Emanuel Franco e Paulo Miyada. Para a mesa de abertura, Danillo Villa (curador e chefe DaP) , Ana Prata (artista convidada) e André Winn (menção honrosa) trocaram algumas idéias. Danillo Villa, pontuou a ideia da presença do artista indicada no título da exposição deixa que minha mão errante adentre, apontou o embate do artista com os materiais numa relação de desejo de constituição de objetos e como exemplos disse que aparecem na exposição: estratégias, pinturas, desenhos e objetos que prescindem de equipamentos como máquinas fotográficas e câmeras de vídeo para sua fatura e solicitam um olhar/corpo que investigue as impurezas do processo de constituição dos trabalhos. A artista Ana Prata, convidada a participar da mesa de abertura, pontuou detalhes de sua formação indicando o grande número de possibilidades técnicas e de procedimentos com os quais entende desenvolver sua pintura mais recente, segundo ela, algumas referências que reapareceram em suas pesquisas são os artista Francis Picabia, e o suíço naturalizado alemão Paul Klee, que aparentemente sugerem a uma liberdade de estruturação visível nos trabalhos que a artista mostrou durante sua fala. Para a exposição, Ana trouxe o trabalho Barquinho, pintura a óleo sobre tela de 24x30cm de 2013. Vale conferir. André Winn pontuou detalhes de sua pesquisa de mestrado e sobre sua construção poética, diz: ” trago do Design Gráfico o interesse pela palavra nas suas multiplas roupagens e, da lincenciatura, a atenção pela a aquisição da escritura, entendida no seu amplo sentido.” Falou também sobre suas preocupações éticas em um cenário de consumismo que parece determinar a formação das crianças na atualidade. O trabalho com o qual participa da mostra: Reforma Alfabética, de 150x250cm, é uma série de xerografias coloridas a lápis de cor em papel, feita em 2013. A exposição vai até o dia 13 de junho.
fonte: http://www.uel.br/cc/dap/?p=401